Você conhece a decoração tropicalista

Você conhece a decoração tropicalista?

Tempo de leitura: 5 minutos

A decoração tropicalista é uma tendência do design de interiores e arquitetura dos últimos anos, sendo uma forma de imprimir alegria, versatilidade e sofisticação, em um estilo tipicamente brasileiro.

O conceito se espalhou por vários países no mundo, com obras arquitetônicas majestosas e imóveis que refletem o clima festivo do Brasil, além de resgatar a cultura, a história e as origens da construção do território verde-amarelo.

Um exemplo é a uramakeria nipo-brasileira Bomaki, localizada em Milão. Criada por Farida el Tantawy, o local é capaz de trazer inspirações do tropicalismo, em um mistura da identidade brasileira e japonesa, em um espaço intimista e aconchegante.

Outro destaque é o projeto do arquiteto Henrique Steyer, “Yes, we have bananas”, inspirado na música de Carmen Miranda, que transformou uma casa em Porto Alegre (RS) em uma verdadeira galeria da cultura brasileira.

Mas o que é a decoração tropicalista e como aplicá-la na sua casa? O artigo de hoje pretende responder essas perguntas, trazendo algumas dicas para você decorar seus cômodos em um visual tipicamente brasileiro. Acompanhe a leitura!

Tropicalismo: o que é e principais características

O tropicalismo foi um movimento de vanguarda cultural brasileiro, com forte expansão nos anos de 1967 e 1968, no auge da Ditadura Militar. 

Também conhecido como “Tropicália”, a corrente teve muitos expoentes na música, com destaque para os compositores Gilberto Gil, Caetano Veloso, Rita Lee e Maria Bethânia.

O início do movimento tropicalista é datado em 1967, durante o III Festival de Música Popular Brasileira da TV Record, com as apresentações das músicas “Alegria, alegria”, de Caetano Veloso, e “Domingo no Parque”, de Gilberto Gil.

O tropicalismo termina em 1968, com a prisão dos compositores citados acima pela Ditadura Militar. Em 1969, Caetano partiu para o exílio, o que marcou definitivamente o fim do movimento, mas não significou o fim de sua influência nas artes.

Entre as principais características do tropicalismo, destacam-se os ideias de liberdade e revolução. 

Os artistas buscavam se afastar do intelectualismo da Bossa Nova dos anos de 1950, aproximando a música brasileira da cultura popular, como o samba, o pop, o rock e a psicodelia hippie.

O tropicalismo teve influência do movimento concretista, em especial na literatura e nas artes plásticas. Para expressar isso nas músicas, os artistas apostaram no som melódico das guitarras e no sincretismo de ritmos.

Toda essa experiência estética não terminou na música, mas influenciou outras artes, incluindo a decoração de interiores. A intenção era mudar o panorama geral da cultura brasileira, imprimindo as ideias de modernidade no país.

A decoração tropicalista nunca saiu de moda, embora tenha seus momentos de “altos e baixos”. Mas até hoje, é possível encontrar designers que se inspiram na criação de móveis planejados para cozinha totalmente voltados para esse estilo.

E a decoração tropicalista?

A ideia da decoração tropicalista é assumir os conceitos do tropicalismo, incorporando no décor vários elementos carregados de cores alegres, calor e brasilidade. 

Entre as principais características do estilo, destacam-se:

  • Tendência maximalista, com grande quantidade de elementos;
  • Mistura com uma decoração kitsch e vintage;
  • Cores alegres, vibrantes e quentes;
  • Estampas com elementos da natureza (frutas, folhas, etc.);
  • Mistura de texturas, como madeira e concreto;
  • Presença de plantas, flores e frutas no ambiente.

Não é incomum que muitas pessoas usem artigos decorativos de outras escolas, como uma mesa Saarinen lateral, em conjunto com elementos do tropicalismo, já que a decoração permite essa liberdade criativa.

Contudo, é preciso planejar como investir na decoração tropicalista, para que o exagero não comprometa a sensação intimista e acolhedora, que também é uma das características principais das casas e estabelecimentos tropicais.

5 dicas para usar a decoração tropicalista na sua casa

A decoração tropicalista pode trazer vida àquele cômodo monótono e sem graça. Para quem aprecia o bom gosto, mas não quer conviver diariamente com um estilo mais clássico, a tendência tropical é uma solução bastante vantajosa.

Abaixo, confira algumas dicas de como aplicar a decoração tropicalista na sua casa.

1 – Use elementos naturais

O Brasil é um país conhecido pela sua natureza exuberante, com uma grande diversidade de espécies de fauna e flora. Isso não poderia faltar na decoração tropicalista e, por conta disso, o uso de elementos naturais é uma maneira de integrar o design.

A madeira é uma das matérias-primas mais populares do décor tropical, sendo usada na cozinha, banheiro, salas, quartos, jardins, varandas, entre outros. Ela pode compor os revestimentos, mas também os móveis.

Assim, na hora de fazer o pedido na loja de móveis planejados, vale a pena priorizar estruturas em madeira de reflorestamento.

A madeira de demolição também pode ser usada para conferir um aspecto natural ao ambiente. Ela pode ser colocada nas paredes ou como parte dos itens decorativos, ao lado de outros materiais, como bambu e palha.

Nos jardins, é possível combinar a madeira com uma grama sintética preço diferenciado, além de uma paisagem com flores, para resgatar a imagem das florestas tropicais.

Inclusive, dá para usar plantas, como samambaias e pequenas árvores, dentro dos cômodos, como elementos decorativos.

2 – Explore as cores

A decoração tropicalista permite explorar uma infinidade de cores, desde tonalidades mais fortes e intensas (amarelo, laranja, azul e verde), até tons mais claros (branco, bege, palha). 

A intenção é criar uma harmonização, a partir do contraste entre pontos mais iluminados ou pálidos.

Por exemplo, se um cômodo possui paredes beges em toda a sua extensão, é possível usar luminárias pendentes para balcão com lâmpadas bem amareladas e um acabamento do objeto em verde.

Só tenha cuidado para não exagerar em cores muito fortes, pois isso pode causar certo desconforto, ou em cores muito claras e suaves, que retiram a alegria do espaço.

Uma outra opção é misturar as cores com novas texturas. Por exemplo, para quem tem uma casa revestida com carpete em placas, a dica é investir em um sofá de tonalidade vibrante, para contrastar com o piso.

3 – Abuse das estampas

As estampas são praticamente obrigatórias na decoração tropicalista. Elas estão presentes nas cortinas, nas almofadas, nos sofás e até mesmo nas paredes, como um papel de parede tijolinho usado na sala.

Em geral, as estampas tropicais usam desenhos representativos da cultura brasileira, como folhas, frutas e animais.

4 – Não esqueça das plantinhas

As plantas são as grandes aliadas da decoração tropicalista. Desde folhagens em vasos ou cachepots até palmeiras, elas podem aparecer na área externa ou interna da casa, imprimindo aconchego e tranquilidade ao ambiente.

Algumas plantas são preferidas por designers e decoradores, pois são capazes de auxiliar no frescor do ambiente e atuar no isolamento térmico. São elas: o pau d’água, as palmeiras, a licuala, a pleomele e a babosa-de-pau.

Na cozinha, vale a pena investir em vasinho com temperos, como manjericão, erva-doce, hortelã, pimenta e até mesmo a babosa – esta última pode ser usada para inúmeros cuidados de beleza e com a pele.

A instalação de um jardim vertical na cozinha, por exemplo, é uma solução até mesmo para quem mora em imóveis pequenos, como apartamentos. 

Uma dica é procurar por empresas de esquadrias de alumínio que fazem projetos de jardins verticais menores, totalmente adaptado e personalizado.

5 – Aposte no bom humor

O brasileiro é conhecido por ser alegre e bem-humorado. Por esse motivo, essas características também são empregadas na decoração tropicalista, com o uso de elementos divertidos, como pinturas, vasos criativos e até mesmo objetos engraçados.

Não é incomum vermos pinturas meio “surreais” dentro do decór tropical, pois elas trazem um ar de bom humor, além de incitar a imaginação. Além disso, utensílios domésticos com gravuras de araras, flamingos e outras aves são muito bem-vindos.

Conclusão

A decoração tropicalista é uma referência às características típicas do povo brasileiro, com um toque do movimento tropicalista dos anos de 1960. 

A tendência nunca sai de moda dentro da arquitetura e do design de interiores, porém, de tempos em tempos, ela entra no gosto popular e acaba ganhando grande destaque.

Não apenas no Brasil, a decoração tropicalista também encanta os olhos de muitos outros países, sendo frequente o emprego da decór tropical em restaurantes do exterior, bem como casas de luxo.

Alegre, versátil e divertido, o estilo oferece uma grande liberdade de criação, sendo uma maneira de mesclar diferentes cores, texturas, materiais e influências, criando um ambiente totalmente personalizado e criativo.

O artigo de hoje buscou trazer algumas dicas de como aplicar a decoração tropicalista dentro da sua casa, já que além do espírito animador, a tendência também traz a sensação de aconchego e intimidade.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Deixe um comentário