Quais os melhores bairros para morar em São Gonçalo-RJ?

5 minutos de leitura

Eternizada na música de seu Jorge, São Gonçalo é uma das principais cidades do estado do Rio de Janeiro. Já na entrada, recepciona seus visitantes e moradores com a famosa frase “São Gonçalo, a cidade que mora dentro da gente”, conquistando seus moradores que trabalham ou estudam na região. Para quem ainda não conhece, vamos falar um pouco sobre a cidade, curiosidades e os melhores bairros para morar.

São Gonçalo foi primitivamente habitada por índios Tamoios, surpreendidos pelos portugueses e franceses, e viveu intensamente os ciclos do pau-brasil e da cana-de-açúcar. Mas hoje se trata da segunda maior cidade do estado com pouco mais de um milhão de habitantes e forte poder industrial. A proximidade com a capital do estado (apenas 20 km de distância do Rio de Janeiro) e o fácil acesso fazem de São Gonçalo um ponto estrategicamente bom para negócios. Além disso, é passagem para a região turística da Região dos Lagos e a cidade de Niterói. A cidade possui um setor comercial bem farto, com grandes lojas de departamentos, famosas redes de supermercados, shopping centers e comércio diversificado.  O acesso à São Gonçalo é feito por ônibus e vans municipais (identificadas pela frase “Transporte Alternativo”), com rotas semelhante às dos ônibus.

Atualmente, são mais de 90 bairros e muitos outros sub-bairros distribuídos em 248,319 km² de área. Por ser uma cidade grande e altamente povoada, São Gonçalo é dividida em cinco distritos. A seguir, falamos um pouco mais sobre cada distrito e o principal bairro em cada região para você que está pensando em morar na cidade.

1º distrito – São Gonçalo (ou Sede)

Distrito mais populoso da cidade, com aproximadamente 320 mil habitantes, está situado na região central da cidade, delimitado pelos rios Imboaçú e Alcântara. Enquanto sede do município, abarca os principais bairros de São Gonçalo. Entre eles, destaca-se o Alcântara, cujo tamanho e importância superam até mesmo o Centro da cidade. Seus bairros limítrofes, como Vila Três, Raul Veiga, Jardim Alcântara, Trindade, Mutondo e Nova Cidade, possuem juntos, casas e condomínios de médio e alto padrão. Entre as variadas alternativas comerciais estão lojas de eletrodomésticos, roupas, calçados, móveis, tecidos, além de shopping centers e grandes supermercados. Conta com vasta área de lazer, hospitais e clínicas médicas, bancos, empresas e uma rede de transporte rica, sendo sede inclusive do Terminal Rodoviário Municipal. Enfim, é um bairro completo, mas que também por isso atrai uma grande circulação de pessoas e tráfego intenso de carros. Aliás, por curiosidade, você sabia que o Alcântara é o bairro natal do personagem Agostinho Carrara do seriado da Rede Globo “A Grande Família”?

2º distrito – Ipiiba

No sul do município, a região de Ipiiba é destinada especialmente para produção agrícola tradicional. Tem como origem a freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Cordeiro, incorporada à São Gonçalo em 1890 e já possuiu diversos nomes: em 1911 era Cordeiro, em 1938 passou a se chamar José Mariano para em 1943 receber o corrente nome de Ipiiba. Hoje, conta com uma população expressiva, de aproximadamente 160 mil habitantes. No entanto, como é composto em sua maioria por fazendas e sítios, não possui um bairro residencial ou comercial de destaque.

3º distrito – Monjolos

Região periférica de São Gonçalo, localiza-se no norte do município e possui cerca de 176 mil habitantes. É caracterizada pela presença de muitos loteamentos, alguns mais desenvolvidos que outros mas, que de forma geral, abrigam a parcela mais pobre da população. O bairro Jardim Catarina é atualmente como o maior loteamento da América Latina. Antigamente, o distrito servia como vila dos operários das principais indústrias metalúrgicas da cidade. Também possui alguns sítios distribuídos em seu território.

4º distrito – Neves

Bairro de entrada de São Gonçalo, é ali que está o melhor acesso ao Rio de Janeiro e a Niterói, sendo uma ótima opção para aqueles que buscam morar em São Gonçalo e trabalhar nessas grandes cidades. São cerca de 156 mil habitantes, distribuídos em bairros na região oceânica de São Gonçalo, como a Mangueira e o Camarão. No entanto, seu bairro mais famoso é o do Paraíso. Este bairro de classe média e classe média alta é conhecido por contrastar uma rica área residencial com alto fluxo de pessoas, e o agito do carnaval, já que é lá que se reúnem as escolas de samba de São Gonçalo para o desfile. É muito bem servido quando o assunto é educação transporte público. Por ali estão diversas escolas de rede pública e particular e passam muitas linhas de ônibus, que facilitam o acesso tanto ao centro de São Gonçalo, quanto a Niterói e o Rio de Janeiro. Também possui uma grande concentração de comércios e serviços, que vão desde lanchonetes, bares e supermercados, a farmácias, padarias, consultórios médicos e igrejas.

5º distrito – Sete Pontes

Localizado ao norte do Neves mas ao Sul de São Gonçalo, serve como bairro de acesso à cidade assim como o Neves. No entanto, possui uma característica mais rural, tendo a menor concentração de população da cidade. Ao total, são aproximadamente 76 mil habitantes. Um dos bairros que mais se destaca na região é o Engenho Pequeno, conhecido como o pulmão de São Gonçalo. Vale destacar também que o nome do distrito não é por acaso, e que entre as Sete Pontes que lá se encontram, uma delas foi a primeira de concreto armado da América Latina: a Ponte Paraguai.

Quer conhecer mais sobre os bairros de São Gonçalo, assim como seus destaques econômicos, históricos e culturais? O Ei Imóvel disponibiliza em sua ferramenta de buscas por imóveis um descritivo completo, com as principais informações que você precisa saber antes de se mudar para uma cidade. Confira aqui outros bairros relevantes de São Gonçalo e nossas ofertas de casas, apartamentos e salas comerciais em todo o estado do Rio de Janeiro.

.

15 Comments

  1. Rodrigo Carran
  2. Bruno Cardoso Faria
  3. Bruno Cardoso Faria
  4. Rodrigo
  5. Luciano
  6. Carlos
  7. Carlos
  8. DANILO CARLO MOREIRA
  9. Rosiclea Miriam Machado Prreira

Reply