iluminacao de casa

Dicas para montar a iluminação de sua casa

Tempo de leitura: 5 minutos

O realce da decoração passa diretamente pela iluminação de casa. Desse modo, um bom projeto de iluminação residencial começa com um desenho perfeito dos cômodos internos e externos de toda a residência.

Inclusive, hoje em dia, um dos itens mais usados em projetos é a automação luzes residencial. Seja, de baixa ou alta intensidade, com efeitos diferentes, uma boa iluminação com automação dá a sensação de conforto e aconchego que o seu lar merece.

A verdade é que são muitas variações, para sensações diferentes, formas e formatos. Ou seja, não existe um padrão de certo ou errado, o ideal é se sentir bem nos cômodos, seja o quarta, a sala ou a cozinha.

Abaixo estão listadas algumas dicas que vão te ajudar a fazer a melhor escolha. Então, observe cada uma delas com olhos criteriosos, porque os projetos são desenhados muitas vezes na planta. Por isso, tenha atenção aos seguintes pontos:

  • Observação de espaço;
  • Iluminação principal;
  • Luz indireta;
  • LED;
  • Tonalidades;
  • Fitas de LED;
  • Cantos de leitura;
  • Iluminação natural.

A seguir explicaremos como cada uma dessas dicas vão te auxiliar a montar a iluminação de sua casa. Lembre-se, essas são apenas algumas dicas, então, você deve observar todo o seu espaço e ver qual a melhor opção para você e a sua família.

Pois bem, sem mais delongas, confira as principais dicas para te ajudar a ter a iluminação ideal!

1 – Observe o espaço que tem

Nesta primeira dica é importante você entender que assim como foi dito na introdução desse texto, sim, há vários tipos e formatos de iluminação, e você deve observar qual é a melhor, bem como qual luminosidade ela trará para o espaço.

São variáveis que vão definir toda a iluminação da casa. Então, você deve definir se quer fazer a iluminação geral ou apenas de partes específicas da casa. Se você quiser fazer a iluminação de banheiro, pode apostar na decoração com um lindo lustre para banheiro.

Pois, além de investir na iluminação, também vai dar um ar de glamour no cômodo. Nessas questões é sempre bom contar com  o auxílio de profissionais especializados nesse tipo de trabalho.

2 – Iluminação principal

A luz principal é a que vai iluminar todo o seu cômodo, aquela que fica no interruptor. Então, é claro que você precisa escolhê-la com extremo cuidado, principalmente pensando em uma que seja na medida certa para todo ambiente.

Inclusive, é importante constar isso no gerenciamento de projetos construção. Até porque o mapa do projeto do local deve te ajudar, para não haver problemas de fazer alguma escolha errada.

Então, quanto maior o local que você quiser iluminar, maior deverá ser o alcance dessa iluminação, principalmente para que não deixe um mínimo local sem luz.

Desse modo,faça sua escolha de luminária com extremo cuidado, tendo atenção para que seja uma luz que abrange tanto o meio, quanto os locais que não possuem uma iluminação, ou seja, em todo cômodo você usará essa luz.

3 – Luz indireta ou várias iluminações em um único ponto

Essa não é a iluminação principal, que possui o objetivo de iluminar tudo de uma vez só. A luz indireta é mais espalhada. Ademais, esse tipo de iluminação é feito para locais em que se predomina a intimidade, ou seja, é para ter algo mais aconchegante.

Esse tipo de iluminação pode ser feito com abajures, arandelas, luminárias de piso e via LED’s.  Inclusive, um quarto seria muito adequado para esse tipo de iluminação, uma alternativa que ficaria legal seriam LED’s com automação de iluminação residencial.

4 – Lâmpadas de LED

Por falar em lâmpadas de LED, elas são objetos que emitem luzes de uma forma eficiente e econômica, portanto, uma grande opção para a iluminação de sua casa, e que provavelmente não gastará tanto dinheiro.

Isso se dá, pois elas são mais econômicas e contam com uma vida longa de duração. É importante ressaltar que é extremamente sustentável e acaba trazendo para a sua casa uma grande economia de energia.

Inclusive, caso seja do seu interesse, um retrofit de iluminação pode ajudar e muito a maximizar bem a maneira que as lâmpadas de LED podem ser utilizadas, sendo colocado, por exemplo, em garagens, o que será muito útil.

5 – Tonalidades e sensações

Você usou todas as lâmpadas que falamos nesse texto, mas acha que tem algo estranho, tem alguma coisa que não está muito boa? Talvez o problema seja a tonalidade, ou seja, que você não esteja tendo uma sensação agradável em relação a isso.

Existe aquela tonalidade certa para cada tipo de cômodo, quando estamos falando de um ambiente mais íntimo, como é o caso dos quartos, o ideal é deixar o tom amarelado para esses locais.

Já ambientes que precisam de uma estimulação, o melhor é optar por um tom mais azulado, são locais como a cozinha, a área de serviço e os banheiros. Caso tenha dúvidas, um especialista pode te ajudar bastante nisso, mostrando algumas combinações.

Pensando nisso, é importante observar nos projetos de casas pré fabricadas, ou seja no mapa da sua casa, quais serão as tonalidades que você vai usar para cada tipo de situação, bem como ambiente. Você já pode, inclusive, deixar tudo organizado.

Isso quer dizer que você pode estipular o tom da sala, da cozinha, dos banheiros e dos quartos, antes mesmo de ter a sua casa completamente pronta.

6 – Fitas de LED

É verdade que, muitas vezes, queremos deixar um lugar em destaque, seja uma prateleira, uma estante ou um nicho, então, existe uma opção que, ao mesmo tempo, não é tão espaçosa e não é chamativa: são as fitas de LED.

Inclusive, podemos dizer que já existe uma empresa de automação residencial que pode fazer uma fita de LED automática, ou seja, uma coisa bem legal para a sua casa. Novamente, é algo que pode diferenciar a sua residência de uma maneira bacana.

7 – Cantos para a leitura

Esses cantos para leituras são outro cenário que vai deixar a sua casa com um aspecto diferente. Eles precisam de uma iluminação exclusiva, ou seja, que tenha total foco no seu livro. Dessa forma, ela deve ser clara, para não cansar a vista do leitor.

Um conselho que pode ser dado para esses locais são as luminárias articuladas de piso, que têm um modo eficiente para a iluminação deste local em específico, ainda por cima servem como decoração para a sua casa.

8 – Iluminação natural

Por último, temos a iluminação natural, a qual você pode fazer consultas com empresas de engenharia civil em SP, visando conseguir um auxílio com isso, ou seja, transformar o seu ambiente com uma bela e completa janela – ou sacada, se tiver espaço para isso.

Inclusive, devido à situação de pandemia, muitas pessoas acabaram trabalhando home office, o que complicou a busca por vitamina C, que vem da luz solar, então, nada melhor do que ter em sua casa a iluminação natural do Sol.

Algumas pessoas, inclusive, buscam por painéis solares, o que ajuda tanto na conquista de luz solar quanto na economia de energia elétrica. Dessa forma, podemos dizer que essa opção é uma via de mão dupla.

Monte uma estratégia de iluminação eficiente

É claro que talvez seja difícil demais montar a iluminação da sua casa, isso porque ela depende de inúmeros fatores, entre os quais podemos citar os seguintes:

  • A luz natural;
  • Qual cômodo é mais aconchegante;
  • Qual local fica melhor aquela cor de lâmpada;
  • O que é necessário para ter uma iluminação mais eficaz;
  • Quanto vai gastar para fazer uma estratégia eficiente de iluminação;
  • Se pode ocorrer o gasto de energia elétrica desnecessário;
  • Como é que a iluminação natural funciona em cada cômodo da casa.

Cada um desses questionamentos e pontos pode ser respondido por especialistas da área, entretanto, o ideal é que a iluminação natural ocupe muito bem a função dela durante o dia, ou seja, iluminar.

Já durante à noite, é necessário que haja uma maneira que seja boa para toda a casa e todos os cômodos funcionarem adequadamente, a dica da tonalidade parece que é pouca coisa, mas é de suma importância em uma casa que é minimamente organizada.

Lembre-se, cor fora de lugar pode passar uma sensação desagradável, a ausência de luz também pode, então até é necessário iluminar tudo. Imagina um local que o Sol bate bem durante o dia e durante à noite fica escuro porque a iluminação não cobre suficiente?

Então, atente-se aos detalhes e escolha tudo de acordo com o que é o seu espaço, bem como o modo que ele funcione. Ademais, caso seja necessário, procure um especialista para te ajudar.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Foto criado por wirestock

compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Deixe um comentário