apartamento praia

Como escolher o apartamento para quem gosta de praia

Tempo de leitura: 3 minutos

Você sabia que pouco mais de um quarto da população brasileira vive no litoral do país? Isso fica mais fácil de entender quando consideramos que várias capitais brasileiras (de Florianópolis a Salvador, por exemplo) estão localizadas em cidades praianas. Se você não vive perto do mar, mas quer passar a viver, é importante entender como escolher o apartamento para quem gosta de praia.

Isso é necessário porque escolher um apartamento na praia é diferente de um na cidade do interior. A razão para isso é bem simples: além dos muitos usos diferentes de um apartamento no litoral (dá para alugar por temporada, por exemplo), a própria natureza local oferece riscos e contextos específicos que precisam ser considerados.

Quer aprender como escolher o apartamento para quem gosta de praia? Então veja algumas dicas abaixo!

Como escolher o apartamento para quem gosta de praia: 4 dicas

1. Escolha uma cidade de acordo com seu estilo de vida

Algumas praias são tão famosas que estão cheias de turistas todos os dias. Se você gosta de movimento e de muitas pessoas, então cidades praianas turísticas podem ser o seu local ideal para ter um apartamento. Mas se você prefere frequentar a praia vazia, e não gosta de como as cidades turísticas se comportam, com movimentação até tarde da noite, ruas cheias de carros e praias tão lotadas que é quase impossível ver o mar, então é importante fazer uma busca detalhada por destinos pouco conhecidos.

2. Faça uma pesquisa de custo

Cidades turísticas não só atraem muitos visitantes como também costumam ter o custo de vida mais elevado. Restaurantes, supermercados e até o condomínio de seu apartamento podem chegar a valores mais altos do que de metrópoles. Por outro lado, por receberem alto fluxo de turistas, essas cidades estão bem equipadas e possuem infraestrutura para lidar com problemas cotidianos, como mecânicos, encanadores, veterinários e médicos.

Verifique seu orçamento e busque o destino com melhor custo-benefício para alojar o seu futuro apartamento.

3. Qual a finalidade de seu apartamento

Para decidir onde comprar o seu novo apartamento, é necessário ter em mente qual a sua finalidade. Você será morador fixo do local, ou pretende passar as férias na praia e alugar o apartamento no restante dos meses?

Caso a resposta seja esta última opção, então é preciso levar em consideração alguns fatores:

  • Proximidade com o mar: A primeira característica que as pessoas buscam quando estão se preparando para alugar um apartamento na praia é quão perto ele é do mar. Imóveis na rua ou no bairro da orla tendem a ser mais caros, mas também oferecem maior lucratividade, já que são muito requisitados.
  • Região valorizada: Para saber se o apartamento desejado está em uma região valorizada, verifique os arredores do bairro. Escolha um local com supermercado, farmácia e caixas eletrônicos, que são pontos de comércio que costumam valorizar a região.
  • Cidade bem frequentada: cidades mais turísticas costumam ter um fluxo maior de pessoas, mas isso não quer dizer que é obrigatório que o seu apartamento esteja localizado nelas. Destinos menos conhecidos, mas ainda assim requisitados, podem ser uma alternativa positiva, já que oferecem menos concorrência na hora de oferecer seu imóvel para aluguel.

4. Tenha cuidado com a maresia

A maresia está presente em toda cidade litorânea, sendo composta pela presença de pequenas gotículas de água do mar no ar local. O problema dela é que sua presença pode danificar desde equipamentos eletrônicos e elétricos, como eletrodomésticos de todos os tipos, como também pode corroer e prejudicar as portas, os batentes, janelas e tantas outras partes da casa, inclusive aumentando a umidade do apartamento.

É por isso, por exemplo, que apartamentos de praia costumam ser feitos com janelas, portas e outros recursos de aço inox, que não é afetado pela maresia.

Por isso, é importante que você tenha cuidado com esse recurso ao comprar ou alugar um apartamento no litoral. É claro que quem não está pronto para lidar com a maresia deve procurar um lugar no interior para morar, como uma casa em condomínio em Paulínia, mas isso não significa que não existam alguns cuidados básicos a tomar com a maresia, como:

  • passar impermeabilizante e verniz nas paredes e portas;
  • use a pintura eletrostática em alguns lugares para proteger metais específicos;
  • use pregos de aço inoxidável;
  • use tintas à base de borracha no exterior;
  • limpe a casa com frequência usando água doce e sabão neutro.

Pronto! Agora que você viu essas dicas, já sabe como escolher o apartamento para quem gosta de praia. Com esse conteúdo, ficará mais fácil avaliar os imóveis locais e ver qual deles faz mais sentido dentro do seu contexto, além de compreender o que será necessário fazer para proteger o imóvel da maresia e outros efeitos.

E aí, ficou com mais ou menos vontade de morar na praia agora? Então comente abaixo com a sua opinião!

compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Deixe um comentário