ambientes funcionais

Como criar ambientes funcionais para uma casa?

Tempo de leitura: 5 minutos

Viver em ambientes funcionais significa, acima de tudo, poder transitar entre os cômodos de forma ágil e prática, sem correr o risco de esbarrar em diversos objetos.

A falta de funcionalidade é portanto a dificuldade de transitar pelo ambiente, e ocorre principalmente em casas muito modernas, em que a finalidade dos móveis são mais estéticos do que a viver para dar suporte ao ambiente.

No entanto, projetar um ambiente funcional em uma casa não se traduz necessariamente em ter o menos possível de elementos, ou colocar objetos encostados na parede; significa fazer escolhas para criar um ambiente harmonioso e aconchegante, com espaçamento adequado.

Ou seja, requer estratégia e muita criatividade!

Nesse sentido, é muito mais questão de design de interiores do que construção reforma engenharia civil. Portanto, mesmo que sua casa seja considerada pequena e não seja contemplada com espaços grandes, essas dicas podem ajudar bastante.

O que significa uma casa funcional?

Uma casa funcional vai além da estética, ela contempla o conforto e a harmonia entre os espaços para transitar e se movimentar. Mas não somente isso, contempla tudo que significa conforto.

Ou seja, boa iluminação, clima agradável, isolamento acústico para janelas de vidro de qualidade, bem como uma boa visualização de objetos. Logo, são vários aspectos a serem considerados na funcionalidade de uma casa.

Em suma, deve ter as seguintes características:

  • Adaptar-se ao estilo de vida;
  • Ser bem iluminado e ventilado;
  • Consumir energia de forma sustentável;
  • Ter um mobiliário simples (menos é mais);
  • Usar a tecnologia corretamente.

O resultado será uma casa funcional, harmoniosa e adequada para proporcionar conforto para todos da casa.

Agora vamos ver algumas dicas com mais detalhes para você começar a aplicar o conceito de funcionalidade na sua casa. Veja essas dicas a seguir:

Comece pela ergonomia

A ergonomia é a base da funcionalidade em qualquer ambiente. Portanto, se você se sente desconfortável na maioria dos ambientes da sua casa, então está mais do que na hora de iniciar o processo de ergonomia.

Comece modificando seu espaço de trabalho, já que é o local em que passamos mais tempo. Garanta que você se sinta confortável ao sentar, estudar e trabalhar por horas nessa cadeira.

Além disso, o sofá da sua casa, bem como a mesa de jantar e as poltronas, devem ser ergonomicamente confortáveis para você e todos que fazem parte da sua casa.

Clima

O clima também faz parte da funcionalidade de uma casa. Portanto, foque também nas maneiras mais otimizadas para fornecer um clima agradável à sua casa.

Existem diversos tipos de aparelhos climatizadores de ambientes, como ventiladores móveis, instalação de ar condicionado split, etc.

Escolha o que mais lhe agrada nesse sentido e também o que deixa o ambiente mais limpo visualmente, sem comprometer a funcionalidade do ambiente.

Iluminação da casa

Ambientes escuros prejudicam a visão, pois forçam a vista. Portanto, foque na iluminação da sua casa como forma de melhorar a funcionalidade.

E um dos segredos é a luz natural, portanto, se for reformar a casa, instale janelas esquadrias de alumínio sob medida preço bom. Ou seja, além de serem econômicas, quanto mais janelas sua casa tiver, mais iluminada ela pode ser.

E, obviamente, mais adequado fica o ambiente. Então aproveite a luz natural, que melhora seu humor e ajudará sua visão.

Por outro lado, ao escurecer é bom estar munido de luminárias de qualidade de intensidade adequada. Para isso, você pode entrar em contato com um fornecedor de luminária led, por exemplo, que são adequadas para iluminar os ambientes.

Além disso, você pode pensar em pintar a casa de cores claras como o branco para proporcionar ainda mais iluminação na sua casa.

Também é possível usar cortinas personalizadas que favorecem a entrada de luz. Para isso, pense em cores claras e tons neutros que refletem a luz do sol e deixam o ambiente mais claro.

Se for possível, pode reformar sua casa e utilizar também cimento marmorizado com cores clássicas para ajudar também na iluminação e reflexão de luz do ambiente.

Faça uma limpeza profunda

Não importa o ambiente, a desordem e a bagunça são uma grande distração. E especialmente em casa pode prejudicar bastante a funcionalidade do ambiente. Portanto, certifique-se de se livrar da desordem em sua casa o mais rápido possível.

Uma dica é pegar um fim de semana que você esteja mais livre e fazer uma limpa de toda a bagunça, e jogar fora o que realmente não usa mais, organizando tudo que estiver atrapalhando o trânsito no ambiente. Tudo isso ajudará a tornar o ambiente da sua casa mais otimizado.

Você pode pensar em elementos como lixeira coleta seletiva aço inox, prateleiras para livros, poltronas móveis e tudo que deixe o ambiente mais limpo visualmente para melhorar a funcionalidade.

Escolha bem os móveis

Móveis em uma casa funcional são práticos, além de serem bonitos e seguirem o estilo da casa. Ou seja, o melhor são os móveis feitos sob medida. Eles são a melhor escolha, pois permitem racionalizar espaços e ao mesmo tempo oferecer o que você precisa.

Os móveis funcionais ainda garantem a facilidade de uso: grandes estantes, mesas de trabalho, sofás confortáveis, poltronas para leitura, camas confortáveis, quartos infantis completos com tudo, banheiros equipados com móveis espaçosos e armários, tudo de forma otimizada.

Quanto ao estilo, o minimalismo pode responder bem à ideia de funcionalidade: poucos móveis, mas espaçosos e com cores neutras, sem objetos supérfluos e tecnologia inovadora.

Automação residencial

Outro objetivo ao mobilizar uma casa funcional é instalar sistemas que possam facilitar o acesso e tornar tudo mais otimizado e seguro.

Ou seja, para otimizar o sistema de uma casa, vários fatores intervêm, como sistemas de acesso, campanhas, alarmes, os tipos de luminárias e aparelhos que utilizam na residência.

Nesse sentido, a melhor dica de fato é utilizar a tecnologia ao seu favor e auxiliar o sistema de automação residencial.

Eles facilitam várias coisas no dia a dia, como abrir o portão da garagem, entradas por sistemas de reconhecimento facial, portas automáticas, churrasqueira de inox gourmet, camas dobráveis, etc.

Decoração da casa: pense inteligente

Na decoração da casa, como na escolha dos móveis, os gostos individuais entram em jogo mais do que nunca, mas aqui queremos que você reflita sobre uma verdade incontestável: quanto mais coisas você tiver, mais tempo terá para se dedicar à arrumação e limpeza.

E certamente, isso não é nada funcional. Obviamente, caso isso não seja um problema para você, não irá interferir, mas o que estamos abordando são as melhores dicas para deixar sua casa mais otimizada e funcional, e a decoração também entra em jogo.

Então, se você realmente não gosta da ideia de casa mais “clean” e gosta de bastantes objetos decorativos, escolha os de cores mais neutras possíveis.

Mais do que bugigangas, opte por decorar sua casa com acessórios de parede, afinal o que estiver na parede traz uma sensação de mais espaço no chão e no ambiente em geral. Você também pode decorar a casa com plantas e flores em vez de objetos.

Além disso, outra dica é prestar atenção na escolha dos tecidos, por exemplo os de almofadas, cortinas e tapetes. Procure sempre materiais e cores que não trazem peso ao ambiente.

Crie um espaço para relaxar

Você provavelmente tem um lugar em sua casa que não é usado, mesmo que seja um quarto pequeno. Então, se você tem um espaço sobrando, transforme-o em um ambiente relaxante e descontraído em sua casa.

O aspecto positivo destes espaços em desuso é precisamente a capacidade de criar um pequeno universo inteiramente dedicado às crianças, e ao lazer de toda família, como espaço para jogos e sinucas, ping pong e pebolim, até mesmo jogos eletrônicos.

Isso se torna funcional principalmente se você quiser evitar que as crianças façam bagunça em outros cômodos da casa, como salas e cozinha.

Além disso, irá proporcionar mais liberdade para o lazer e diversão, afinal as crianças não irão ficar preocupadas se vão quebrar um jarro ou manchar o tapete, por exemplo.

Com as crianças correndo pela casa, é importante criar uma área de lazer onde elas possam brincar e se divertir em total segurança.

Mas não somente isso, você pode deixar esse espaço para armazenar, obviamente de forma bem organizada, objetos que você não utiliza muito no dia a dia.

Por exemplo, coleções de livros, dezenas de discos e também objetos de que gosta muito, como relíquias de família, coleções ou lembranças de suas viagens.

Ou mesmo pode se tornar um espaço criativo para fazer pinturas e artesanatos, dependendo da dinâmica da sua família, ou se não tiver mais crianças. Use a criatividade. O céu é o limite.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Foto de Vecislavas Popa

compartilhe este post

Deixe um comentário